Fórum AquaPeixes
Conecte-se ou registre-se e faça parte do melhor Fórum de Aquariofilia!

Registrando-se terá direito a fazer perguntas, esclarecer dúvidas e muito mais...

Veja, passo a passo, como postar fotos;

Fique por dentro das nossas Regras de utilização;

Fique por dentro das nossas Regras para participação do Concurso AquaPeixes de Fotografias;

Acesse nosso site AquaPeixes, para obter mais conhecimentos;

* As publicidades só aparecem para os visitantes!




Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Os membros mais ativos da semana
Wladimyr
 
SabrinaEduarda
 
SJorge
 
cruz.marcio
 
Felipe Alves
 

Últimos assuntos
» Ciclídeos Africanos!
por Felipe Alves Hoje à(s) 7:00 pm

» Como fazer a cliclagem certa do aquario?
por Wladimyr Hoje à(s) 6:40 pm

» Platy com mancha branca
por Wladimyr Hoje à(s) 6:17 pm

» Betta não se alimenta e com cauda deteriorando
por SJorge Hoje à(s) 5:35 pm

» Separação de Guppys e Camarões
por cruz.marcio Hoje à(s) 10:33 am

» Meu Primeiro Lago
por Wladimyr Hoje à(s) 10:03 am

» Limpeza da Água
por Wladimyr Qua Nov 14, 2018 10:31 am

» Alevinos de Espada em sofrimento
por Wladimyr Qua Nov 14, 2018 10:26 am

» Patê caseiro
por Davideo Dom Nov 11, 2018 12:06 am

» Apresentação David
por maciel.luz Seg Nov 05, 2018 10:35 am

» Como começar um aquário auto sustentável?
por maciel.luz Seg Nov 05, 2018 10:29 am

» Apresentação Lidia Evangelista
por maciel.luz Ter Out 30, 2018 4:16 pm

» Guppy gravida agressiva?
por maciel.luz Ter Out 30, 2018 4:15 pm

» [Apresentação] Gustavo
por maciel.luz Ter Out 30, 2018 4:14 pm

» Construção Lago Ornamental
por maciel.luz Ter Out 30, 2018 4:13 pm

» Dúvida Ciclagem
por maciel.luz Ter Out 30, 2018 4:10 pm

» Lago contaminado com ictio
por Wladimyr Ter Out 23, 2018 1:52 pm

» [Tratamento] BETTA NÃO SE ALIMENTA
por Wladimyr Ter Out 23, 2018 11:14 am

» Minha Betta voltou a ter constipação intestinal
por Wladimyr Qui Out 18, 2018 9:27 am

» Como fazer betta aceitar nova ração?
por Wladimyr Qui Out 18, 2018 9:23 am

Top dos mais postadores
Mauricio Molina (8253)
 
Adilson (7042)
 
Wladimyr (5993)
 
Beto Lemos (4989)
 
Lucas Duarte (2775)
 
Thiago Marques (2339)
 
maciel.luz (2248)
 
SJorge (2155)
 
juniorfn (2149)
 
david rafael dieter (2124)
 

Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 109 em Sex Jun 13, 2014 10:45 pm

Compatibilidade entre as Espécies

Ir em baixo

Artigo Compatibilidade entre as Espécies

Mensagem por Mauricio Molina em Qua Out 28, 2009 9:55 pm

É comum ouvirmos que o Betta é um peixe agressivo e por isso não devemos mantê-lo com outros peixes de aquário. Mas, isso não é verdade. O Betta, um dos mais populares pets, não é um peixe agressivo, muito pelo contrário, em geral é pacato e come pouco, a ponto de nunca entrar em disputas por comida ou território.

Como se explica outros nomes para o mesmo peixe como Peixe de Briga ou Combatente Siamês? É lógico que estes nomes não são por acaso. Colocado no mesmo ambiente com outro macho da mesma espécie, ou seja, outro Betta, eles começarão um combate que só terminará com a morte do oponente.

Acontece que isso não é um comportamento beligerante generalizado. É apenas um instinto reprodutivo, em que machos mais fortes e aptos gerarão descendentes melhores e, desta forma, a espécie garante a sua evolução.

O mesmo peixe se transforma em um pai atento e cuidadoso com o ninho e seus filhotes até o momento em que estes já estejam suficientemente crescidos para ter uma vida independente. Pronto, então podemos colocar o Betta em um aquário com peixes variados? A resposta é não! Nesta altura vocês já devem estar pensando que eu estou louco!

Usei este exemplo para ilustrar o quanto é importante escolher corretamente as espécies que devemos colocar em um aquário comunitário. Pois a sociabilidade é fator primeiro para o sucesso. Devemos levar em consideração os seguintes fatores:

1º) Ambiental: Quando montamos um aquário devemos simular um ambiente aquático previamente escolhido. Por exemplo, Amazônico. Neste caso a nossa escolha fica restrita aos peixes que sejam compatíveis com esse sistema (Tetras, Discos, Cascudos, etc...). O resultado será peixes mais saudáveis e um cenário bonito além de correto. Não seria viável colocar neste ambiente uma carpinha ou um ciclídeo africano, pois causaria problema e desconforto para todos.

2º) Tamanho: Não devemos escolher peixes que não caibam no nosso aquário, ou que crescerão rapidamente e nele não caberão mais. Peixes estressados são peixes briguentos. Além disso devemos observar a diferença de tamanho entre os peixes, evitando uma provável predação dos menores feita pelos maiores. A maioria dos peixes é onívora, ou seja, come de tudo e tem hábitos predadores para com os menores. Então esta é uma regra importante a ser seguida.

3º) Comportamento: Devemos levar em consideração os hábitos normais dos nossos companheiros. Peixes nervosos imporão o seu humor aos restantes, os territoriais também. Ou então, imaginem um peixe essencialmente vegetariano em um aquário plantado; em pouco tempo as caras e maravilhosas plantas virariam comidas. Também um aquário fartamente decorado com peixes que adoram fuçar e revirar o fundo não sobraria nada em pé, causando o caos para as outras espécies.

Existem também peixes ariscos que pulam fora de aquários destampados; tímidos que vivem escondidos; os de hábitos noturnos e os potencialmente agressivos e territoriais e, por fim, aqueles que necessitam de uma atenção redobrada com relação à sua dieta. Ou seja, peixes mais delicados devem ser mantidos em ambientes especiais.

4º) Características: Juntando tudo o que foi dito, chegamos às características físicas do animal. Uma regra básica é admitir que tudo o que couber na boca de um peixe é comida, então a probabilidade de um peixe com boca grande ser o predador de peixes menores é quase certa. Nadadeiras compridas e espalhafatosas são atrativas iscas para que os outros abocanhem pequenos pedaços de refeição.Peixes lentos e bonachões não conseguirão competir por alimento. Um número muito elevado de peixes com características parecidas estabelecerá uma competição muito mais forte por eles compartilharem das mesmas necessidades.

E, por último, a questão populacional. Aquários superlotados não contribuem em nada para a sociabilidade entre as espécies. Muitas vezes, podemos reduzir a agressividade apenas diminuindo a população daquele ambiente. Por isso é que não devemos pôr o Betta com outros peixes, pois ele perderia a competição facilmente, além de se  tornar uma potencial fonte de alimento para aqueles que veem nas suas longas nadadeiras uma maneira fácil de obter alimento.






Fonte:
Alexandre Talarico, Negocios Pet.


Última edição por Mauricio Molina em Qua Maio 28, 2014 7:26 pm, editado 7 vez(es)


    Os Administradores e Moderadores aconselham que;

Seja sempre ativo no fórum e aprenda mais;
Respeite as regras do fórum;
Apresente-se Aqui ;
Como postar Fotos ;
Visitem nosso site AquaPeixes;
Ficha para Doenças e Tratamentos;
avatar
Mauricio Molina
Administrador
Administrador

Pontuação Elevada + Ganhador do Concurso de Fotografia
2º Colocado
Brasil
Mensagens : 8253
Pontos : 83469
Reputação : 259
Data de inscrição : 19/09/2009
Idade : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Artigo Re: Compatibilidade entre as Espécies

Mensagem por RafaelAlves em Qui Dez 02, 2010 5:17 pm

Eu estou procurando peixe de pequeno porte e pacificos para q não ocorra nem um tipo de estresse nem nos peixes e nem eim min Very Happy
avatar
RafaelAlves
Novo no fórum
Novo no fórum


Brasil
Mensagens : 11
Pontos : 16
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum