Fórum AquaPeixes
Conecte-se ou registre-se e faça parte do melhor Fórum de Aquariofilia!

Registrando-se terá direito a fazer perguntas, esclarecer dúvidas e muito mais...

Veja, passo a passo, como postar fotos;

Fique por dentro das nossas Regras de utilização;

Fique por dentro das nossas Regras para participação do Concurso AquaPeixes de Fotografias;

Acesse nosso site AquaPeixes, para obter mais conhecimentos;

* As publicidades só aparecem para os visitantes!




Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» água TURVA
por LeMiranda Hoje à(s) 12:43 pm

» Lago no sítio
por thiago_din Hoje à(s) 7:31 am

» [Apresentação] Thiago Din
por thiago_din Hoje à(s) 7:30 am

» [Apresentação] Adalberto Moreira
por Lucas Duarte Ontem à(s) 11:45 pm

» [Apresentação] Guilherme Freitas
por LeMiranda Ontem à(s) 5:38 pm

» Aquário Plantado 84L - Recém montado
por SJorge Ontem à(s) 11:01 am

» Compro comedores de algas
por Wladimyr Ontem à(s) 9:21 am

» Lago em Angola
por Wladimyr Ontem à(s) 8:59 am

» Filhotes de acara disco
por alex amaral Dom Set 14, 2014 12:45 pm

» Ajuda com as algas petecas
por Lucas Duarte Dom Set 14, 2014 12:43 am

» aquario 650 litros, apresentacao e duvidas
por Lucas Duarte Dom Set 14, 2014 12:37 am

» Meus Sulamericanos
por Lucas Duarte Dom Set 14, 2014 12:34 am

» Projeto Aquario plantado 200L
por LeMiranda Sex Set 12, 2014 4:19 pm

» Trocar Filtros Hang-On por Canister
por LeMiranda Qui Set 11, 2014 9:00 am

» [Entrevista] Adilson Ferreira - Agosto - 2014
por Adilson Qua Set 10, 2014 8:01 pm

» Betta Fêmea ou Macho ??)
por Adilson Qua Set 10, 2014 8:00 pm

» [Apresentação] Douglas Panerai
por Adilson Qua Set 10, 2014 7:52 pm

» duvida sobre peixe papagaio
por Adilson Qua Set 10, 2014 7:49 pm

» [Entrevista] Wladimyr Maciel - Julho - 2014
por Wladimyr Qua Set 10, 2014 9:29 am

» Filtro UV (FVM) - Bruno Godinho
por Bruno Godinho Ter Set 09, 2014 1:57 pm

Top dos mais postadores
Mauricio Molina (7790)
 
Adilson (6680)
 
Wladimyr (5529)
 
Beto Lemos (4832)
 
Lucas Duarte (2390)
 
Thiago Marques (2175)
 
juniorfn (2140)
 
david rafael dieter (1976)
 
Edu Ucceli (1914)
 
Thiago Arai (1898)
 

Quem está conectado
15 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 109 em Sex Jun 13, 2014 10:45 pm

Filtros para aquários

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Artigo Filtros para aquários

Mensagem por Mauricio Molina em Dom Out 18, 2009 10:07 am

Os filtros mecânicos (como são corretamente chamados) dos mais variados modelos externos ou internos são grandes aliados na manutenção dos aquários. Sempre existiu no mercado uma grande variedade de filtros para aquário, dos mais simples até modelos bem sofisticados. Mas é por causa do recente grande aumento do seu uso que me interessei em falar sobre o assunto.

Hoje um filtro externo para aquários é um equipamento popular. Seu preço ficou tão acessível, que não se vê mais aquários sem ele. Nós e nossos clientes não admitimos mais aquários sem o equipamento. O filtro sempre foi um equipamento muito útil, se não falarmos indispensável na montagem de um aquário sério. No passado, devido ao seu alto preço, muitos de nós prescindíamos deste importante acessório na hora da compra. Resultado: aquários que não suportavam a população de peixes e a informação que nós tínhamos que lavar nossos aquários periodicamente, um grande erro.

Quando um aquário é desmontado para limpeza, todo o sistema terá que atingir o equilíbrio biológico outra vez. O aquário é um sistema biológico, portanto demora um tempo para atingir o seu equilíbrio. No momento que o aquário amadurece, devemos mantê-lo assim pelo maior tempo possível, senão ele começará a entrar em declínio e se tornará inviável em pouco tempo.

Aquários bem cuidados podem durar muitos anos, sem a necessidade de desmontá-los. É aí que entra o papel dos filtros: São equipamentos elaborados para manter a água do aquário (e, principalmente, todo o ambiente) limpa e cristalina. Nele ficarão depositados todos os restos e subprodutos da atividade orgânica do tanque. Imagine onde vai parar toda a comida que nós fornecemos; restos de plantas aquáticas, fezes dos peixes e mesmo poeira do ambiente.

Todo este acúmulo de matéria orgânica e poluentes será depositado no sistema de filtragem. Desta forma poderemos periodicamente retirar parte desta sujeira para fora do sistema aquático. Aí é que está a grande dica para o aquarista. Independente de marca ou modelo, o bom filtro é aquele que está sempre limpo. Portanto deveremos entender que o simples uso de um sistema de filtragem não resolve nada sem a intervenção do dono.


Fonte: Alexandre Talarico, Negócios Pet.


Última edição por Mauricio Molina em Sab Jun 07, 2014 6:25 pm, editado 4 vez(es)

>>>>>>> Fórum AquaPeixes <<<<<<<

   
Os Administradores e Moderadores aconselham que;

Seja sempre ativo no fórum e aprenda mais;
Respeite as regras do fórum;
Apresente-se Aqui ;
Como postar Fotos ;
Visitem nosso site AquaPeixes;
Ficha para Doenças e Tratamentos;

Mauricio Molina
Administrador
Administrador

Pontuação Elevada + Ganhador do Concurso de Fotografia
2º Colocado
Brasil
Mensagens: 7790
Pontos: 82950
Reputação: 247
Data de inscrição: 19/09/2009
Idade: 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Artigo Re: Filtros para aquários

Mensagem por guelfes em Seg Out 19, 2009 1:07 pm

Olá Pessoal!

Para complementar esse tópico do nosso amigo Mauricio, vou postar uma matéria sobre os tipos de filtros de autoria do Edson Rechi, bem completa e detalhada sobre os tipos e suas funções.
==============================================================================================


Certamente a filtragem é um dos fatores mais importantes para o sucesso em nossos aquários. Classifique a filtragem como o pulmão ou coração do aquário. É através dela que teremos água de excelente qualidade deixando-a cristalina, inodora e habitável para peixes e plantas de todos os tipos.

Na natureza, a água é renovada a cada instante, onde os dejetos dos peixes são rapidamente decompostos/diluídos, já em nosso aquário isso não ocorre, por isso a importância de se ter uma filtragem excelente. Podemos afirmar com exatidão que 99% das causas de doenças em nossos peixes ocorrem devido a problemas na água (níveis altos de amônia/nitritos, pH, etc.).

Recomenda-se ter uma filtragem com o fluxo entre 5 e 10 vezes a capacidade total do aquário (L/h), mas existem muitas variações de acordo com as espécies que possuir (para peixes de pequeno/médio porte a base de 5X o fluxo e para peixes jumbos e Ciclídeos Africanos, 10X o fluxo). Ex. Se temos um aquário de 200L com peixes de pequeno/médio porte, devemos ter um fluxo mínimo de 1000L/h. Já se este aquário conter espécies de Ciclídeos Africanos ou peixes de grande porte, devemos ter um fluxo mínimo de 2.000L/h.

Ainda com relação ao fluxo, devemos lembrar que filtros internos dependendo dos peixes que possuir, poderá causar grande fluxo na água, que muitas vezes não é apreciado por peixes tropicais e recomendado para aquários marinhos e Ciclídeos Africanos. A colocação de mídias filtrantes é pequena em comparação a filtros externos.


Existem três tipos de filtragens em aquários: Biológica, Química e Mecânica.


Filtragem Biológica:

Como o próprio nome indica, é feita por bactérias que utilizam oxigênio para realizar processos como a decomposição de matéria orgânica, resto de alimentos, folhas mortas, etc.

As bactérias existentes (ficam no vidro, substrato, plantas, água, etc) atuam permanentemente para se ter o equilíbrio desejado em nosso pequeno ecossistema. Em resumo elas decompõem a Amônia (muito letal para os peixes) em compostos menos tóxicos (Nitritos e Nitratos), ou seja, primeiramente bactérias nitrossomas decompõem amônia para nitritos; nitrobacter decompõe nitrito para nitrato. Estas sim são as ideais para nosso aquário.

Plantas também absorvem amônia e muito mais rápido que a absorção dos nitratos, tendo assim uma competição saudável entre plantas e bactérias pela amônia dissolvida. Para tais bactérias benéficas sobreviverem necessitam apenas de um local para se alojarem e nutrientes (Nitrogênio e Oxigênio).

Geralmente a filtragem biológica é feita logo após a filtragem física, devido a colônia de bactérias já receberem água livre de detritos que podem se acumular em seus poros, caso não use esta sequencia. Sua filtragem biológica como pode perceber, é vital para o aquário, no entanto, ela ocorre relativamente lenta.

Filtragem química:


Este tipo de filtragem tem como objetivo eliminar substâncias no aquário a nível molecular, onde a filtragem mecânica, não retém tais substâncias.
Estas substâncias podem ser polarizadas (íons) e não polarizadas (moléculas). Ela é feita exclusivamente pelo carbono ativado (carvão ativado) que retêm as moléculas através de micropóros do carvão ativado retirando odores e gases existentes na água.

Muitos aquaristas dispensam o uso da filtragem química devido à absorção por parte do carvão ativado de nutrientes minerais vitais requeridos pelo sistema do aquário. Outros aquaristas são a favor do uso, devido a este esgotamento de nutrientes minerais ocorrer naturalmente com o decorrer do tempo.

Sempre tenha em mente em usar carvão ativado de boa qualidade, pois os prejuízos causados por carvão de qualidade só trazem dor de cabeça como o surgimento de algas (carvões de má qualidade liberam muito fosfato na água, causando o surgimento das indesejáveis algas).

Seu uso sempre deverá ser suspenso enquanto estivermos administrando medicamentos ou qualquer outra química na água, certamente ele absorverá de modo seletivo, prejudicando o resultado final.

Com relação à quantidade de carvão ativado utilizado, sempre tenha como base inicial 1g/L.

Alem do já famoso carvão ativado, existem outros materiais para a filtragem química como as Resinas Deionizadoras que possuem uma boa capacidade de absorver íons dissolvidos na água. Apesar de ter um custo relativamente elevado em comparação ao carvão ativado, são melhores por absorver certas substâncias no qual o carvão ativado deixa a desejar.

Filtragem Mecânica:

Através deste processo de filtragem, retêm-se as maiores partículas (orgânicas e inorgânicas) suspensas na água, geralmente é feita através de materiais como a esponja/perlon. Tenha em mente que esta filtragem sempre deve ser o primeiro estágio de seu filtro, funcionando como um coador, e liberando a água mais pura para os demais processos de filtragem, evitando entupi-los fisicamente.


Ordem de filtragem:

Como foi indicado logo acima, primeiramente devemos ter o 1º estágio com a filtragem mecânica, em seguida a filtragem química e biológica ou biológica e química, de acordo com o padrão de seu filtro.

Alem dos três estágios citados acima, podemos ainda ter seções complementares conforme a necessidade de seu aquário, com o uso de materiais alcalinizantes, acidificantes, removedores de amônia, etc. O uso de estágios complementares depende muito do tipo de filtro usado e do espaço em seu compartimento, nunca sature seu filtro com elementos desnecessários.

Como pode notar, existe uma diversidade muito grande com o uso das 3 principais etapas (biológica, química e mecânica) e materiais auxiliares. Note que existem inúmeras opções disponíveis, use o que julgue necessário de acordo com a necessidade de seu tanque.


Tipos de filtros:

Filtro Biológico de Fundo (FBF)

Certamente o mais usado pelos aquaristas brazucas, principalmente por ter um custo muito baixo e muito mais por falta de informações.
Basicamente ele consiste em placas de plástico que ficam alocadas embaixo do substrato e destas placas saem torres onde se coloca uma bomba submersa ou pedra porosa acoplada ao velho e barulhento aerador (vulgarmente conhecido como "bombinha de ar").

Sua filtragem é feita pelo cascalho onde se fixam as bactérias, a bomba submersa forçará a passagem da água pelas bactérias, fornecendo vitalmente o oxigênio e a matéria orgânica para a realização do processo biológico. Muitos são contra o uso deste filtro e outros a favor, mas isso não será discutido neste artigo. Indico que existem muitos mais contras do que a favor o uso deste tipo de filtro.





Filtros Canister

Seu próprio nome já diz tudo (canister = reservatório). Este tipo de filtro consiste basicamente em um reservatório onde ficará todos os elementos filtrantes dentro acomodados em prateleiras ou gavetas onde a o fluxo de água passará (verticalmente ou horizontalmente depende do tipo de canister). Certamente estes filtros são um dos melhores atualmente, seu custo alto acaba valendo o investimento, devido a uma grande opção de configurações de filtragens que pode ser usada pelos usuários conforme sua necessidade.Este tipo de filtro geralmente fica fora do aquário, ocasionando a liberação de mais espaço para os peixes em seu aquário, existem versões compactas que ficam inseridas dentro do aquário, mas ambos são excelentes.




Filtros Externos Traseiro

Seu nome também já indica o tipo de filtro. Funciona externamente ao aquário, onde a água circula através dele e volta ao aquário por processo de gravidade ou bombeamento. Em relação a custo/benefício é a melhor opção atualmente no mercado devido a existência de diversos modelos e marcas.

Há ainda uma enorme variedade de projetos caseiros desenvolvidos de excelente qualidade, com custos finais bem inferiores aos equipamentos comerciais. Entre os filtros comerciais mais conhecidos estão o Whisper da Tetra, Aquaclear da Hagen, Millenniun da Aquarium System, Penguin da Marineland, Litwin (nacional), Azoo Filter, etc. Em geral todos os modelos contêm refil contendo a filtragem química/mecânica/biológica.




Filtros de Pendurar

Filtros muito práticos para serem usados em aquários, principalmente como segundo filtro ou reserva, ficam pendurados no vidro do aquário. Seu método de filtragem consiste em uma bomba que puxa a água do aquário, forçando a passagem desta pelo compartimento do filtro onde podem ser colocados diversos materiais filtrantes, retorna ao aquário. Por ter muitas vezes um fluxo forte, atente ao uso quando houver peixes muitos pequenos ou alevinos, que poderão ser facilmente sugados.


Foto: Rafael Akama

Filtros Internos

Similar aos filtros de pendurar. Como o próprio nome sugere, é usado internamente ao aquário onde uma bomba submersa é acoplada a um compartimento. Ela fará com que a água passe em tal compartimento efetuando a filtragem de acordo com a mídia filtrante usada neste. Tem a desvantagem de muitas vezes ocupar espaço internamente desnecessariamente, por isso não recomendado o uso em pequenos aquários.



Filtros de Areia Fluidizada

Excelentes na filtragem biológica, ele consiste em uma bomba (que acompanha um pré-filtro) acoplada ao compartimento, que possui uma areia especial que favorece uma grande colonização de bactérias que são areadas interruptamente pela circulação de água. São bastante usados em aquários de grande porte ou em aquários de peixes mais exigentes como Discos.



Filtros Sump

Este tipo de filtro se baseia em um aquário reservatório adicional onde a água do aquário principal é coletada através de gravidade ou sifonagem, passa pelo aquário reservatório que é formado com diversos elementos filtrantes em seções e retorna a água já tratada através de bombeamento para o aquário principal. Sempre tenha em mente que o volume de água do aquário reservatório deverá ser no mínimo de 20% do total do aquário principal.

Um dos principais aliado a este tipo de filtragem é sua facilidade de manutenção. Seu único inconveniente será se teu aquário já estiver projetado, já que muitas montagens com este tipo de filtro poderá haver furos na parede do aquário.

Filtro de Plantas

Seu uso consiste no uso de plantas emersas como elementos filtrantes que tem como objetivo retirar compostos como nitrogênio e fósforo. Estas plantas podem ser usadas tanto dentro do aquário, como fora, com desvantagem para a primeira opção já que nem sempre as raízes esteticamente ficam agradáveis ou mesmo pelo bloqueio de iluminação que estas plantas podem causar as plantas mais baixas do aquário. O uso externo consiste no uso de uma calha ou similar onde o fluxo de água passará pelas plantas e retornará ao aquário, neste processo as plantas efetuarão o processo de filtragem. É muito recomendo o uso quando temos excesso de nutrientes na água, onde as plantas não dão conta se supri-los com o excesso de nutrientes, acaba sobrando para o surgimento das algas.

Filtros Deionizadores

A grosso modo, este tipo de filtro se baseia na absorção de íons (que podem ser catiônicas e aniônicas) dissolvidos na água através de resinas especiais que tem como objetivo obter água livre de impurezas químicas onde se requer uma melhor manutenção. A água passa por uma determinada quantidade de resinas onde se retêm os íons poluentes da água. Devemos atentar a qualidade das resinas, a quantidade e a velocidade em que a água entra em contato. Muito usado em aquários de peixes que exigem água da melhor qualidade.

Filtros por Osmose Reversa

Apesar de seu custo ser muito elevado, este tipo de filtro é muito utilizado para se obter água com um grau elevado de pureza. Seu uso não se faz diretamente no aquário, mas sim como uma fonte de água que é recondicionada pela adição de produtos químicos destinados a se obter um alto grau de pureza na água. Seu maior problema talvez seja o “desperdício” onde existem uma entrada e duas saídas no filtro, onde nas duas saídas, uma sai a água “pura” e a outra a água rejeitada, em média a cada 300L, 200L são rejeitados dependendo de sua água e seu processo é lento. No geral é um filtro muito eficaz.

“Filtro” UV

Na verdade ele não se enquadra na categoria de "filtros", mas sempre é citado devido a sua alta eficiência no combate as algas onde é exclusivamente sua função e nada mais. Atua através da circulação de água em um recipiente onde está localizado uma luz ultravioleta que emite radiação estelerizante eliminando células vivas (bactérias, algas, etc) através da destruição do seu DNA. Para um melhor aproveitamento da ação da lâmpada UV, devemos ter um fluxo de água lento (ex. uma lâmpada UV 15W, o fluxo deve ser entre 300 a 800 L/H). A troca da lâmpada se faz necessário em vista que esta enfraquece com seis meses de vida, ficando cada vez mais ineficaz seu uso devido a este enfraquecimento. Não são efetivos no uso contra bactérias azuis e petecas. Alguns usam eficazmente 24h este filtro, sendo o ideal o uso após o surgimento de algas ou mesmo quando houver o surgimento de focos de parasitas, em geral dependendo da situação, em 5 dias é um bom período.

Filtro Interno de Espuma

É bastante usado em baterias de aquários de lojas devido a sua praticidade. É necessário o uso de um compressor de ar ou bomba submersa; onde estes ficam acoplados a espuma e efetua a filtragem mecânica e biológica. Não deve ser usado em aquários de grande porte e tem o contra do alto barulho do compressor.

Filtro de emergência (Help Filter)

Muito usado quando há algas verdes em suspensão na água ou mesmo quando queremos reter pequenas partículas com mais eficiência deixando a água mais cristalina. Basicamente é composto por um cartucho e acoplado a uma bomba submersa onde esta sugará toda a sujeira em suspensão ficando retido no cartucho. A troca do cartucho se faz necessária em tempos, já que perderá a eficiência com o decorrer do uso. Nunca deverá ser usado para filtragem biológica, seu nome já sugere, use apenas em emergências!


Tipos de mídias filtrantes mais comuns:

- Areia Fluidizada : Ver filtro de areia fluidizada acima.

- Bio-balls : Muito usado em filtros Dry-wet para filtragem biológica.

- Esponja/espuma : Efetua filtragem mecânica e também de certo modo biológica. Se o uso for para filtragem mecânica deve-se lavá-la quando saturado ou semanalmente/quinzenal.

- Perlon/ Manta Acrílica : Efetua filtragem mecânica, largamente usada devido sua eficácia e baixo custo. Deve-se evitar lavá-la e sim efetuar a troca semanalmente/quinzenal.

- Cerâmica: Largamente usado para fixação da colônia de bactérias. Nunca lave-a com água de torneira e sim com água do próprio tanque. Não requerida a troca periodicamente.

- Carvão Ativado: Efetua filtragem química por sua alta eficácia em absolver inúmeras substancias como o cloro, remédios, gases em geral. Deve ser trocado a cada 15 dias.

- Plantas: Ver filtragem biológica acima.

- Xaxim/Turfa – Tem o poder de acidificar a água em médio prazo.

- Dolomita: Usa-se em filtros externos (saches) com o objetivo de endurecer e alcalinizar a água.

- Removedores de amônia/nitrito: Usado em saches geralmente em filtros externos/canister, retira amônia/nitrito da água.

- Removedor fosfato: Idem ao citado acima, retirando fosfato da água, que certamente é uma das principais causas para o surgimento de algas.

- Química em geral: Idem aos removedores acima. Cada um apresenta uma proposta para a remoção de tal substância do aquário ou mesmo alterar a química da água como acidificar/alcalinizar.


Considerações finais:

Existem inúmeros tipos de filtros para seu aquário, desde os mais simples até os mais sofisticados. Cada um tem sua função dentro do requisitado pelo porte de seu aquário e sua real necessidade. Temos que ter em mente que de nada adianta termos o melhor sistema de filtragem, sendo que não seguimos algumas regras básicas como:

- População Excedida
Nunca superpovoe seu aquário.

- Manutenção inadequada nos filtros
Tenha uma manutenção minuciosa e periódica.

- Manutenção ineficiente no aquário (sifonagens/trocas parciais)
Efetue sifonagens/trocas parciais semanalmente ou quinzenalmente de acordo com a necessidade de seu aquário

- Excesso de alimentos (sobras)
Nunca exagere no fornecimento de rações para seus peixes e jamais deixe sobras.

Lembre-se:
Filtros são auxiliares na manutenção do aquário (vital), não dispensa as trocas parciais e sifonagens. A renovação da água, aliado a filtragem adequada com uma boa manutenção, dificilmente teremos problemas com doenças, amônia, morte de nossos peixes e muitos outros, evitando assim a desilusão com o hobby.

Aquários de grande porte são mais estáveis, sendo assim, muitas vezes indicado aos iniciantes, já que ele "camufla" os erros iniciais de novos aquaristas. Portanto, quanto maior o aquário, menor sua manutenção e melhor sua estabilidade em médio prazo.

Quando efetuamos as trocas parciais (TPA), sempre devemos usar um bom condicionador para eliminar cloro e metais pesados entre outras substâncias que prejudicam qualquer forma de vida. Sempre atente nos ajustes de pH, dureza, amônia, alcalinidade/acidez, temperatura para evitar problemas. Alguns peixes são mais sensíveis a tais variações, outros nem tanto.

Pesquise qual o melhor filtro para a necessidade de seu aquário e boa sorte.


Todos os direitos dessa matéria são de Edson Rechi - http://www.forumaquario.com.br/portal/tx_filtragem.html

guelfes
Iniciante
Iniciante


Brasil
Mensagens: 47
Pontos: 95
Reputação: 0
Data de inscrição: 09/10/2009
Idade: 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Artigo Re: Filtros para aquários

Mensagem por Felipe Alves em Seg Out 19, 2009 3:53 pm

Eu sou um defensor do FBM (Filtro Biológico Modular), apesar de ocupar um espaço interno, a capacidade para armazenar mídias equipara-se a um canister e tem a vantagem de seu preço ser muito inferior, e tem a opção de escolher o numero de "estágios" e acoplar novos, tornando ainda mais eficaz a filtragem do tanque...

No meu utilizdo uma camada tripa de perlon + carvão ativado no 1º estágio e no 2º camada dupla de perlon + ceramica.

Meu níveis sempre se mantiveram zerados, sem picos de amônia, é claro que minha bomba tb ajuda, pois ela tem uma vazão superior a 6x o volume do aquario e mais uma bomba de 90lt no sistema de correnteza tornado a filtragem acima de 7x.


>>>>>>> Fórum AquaPeixes <<<<<<<

Peixe não dura, Peixe VIVE !!
Olá Convidado, quando solicitar alguma ajuda, diga-nos se a resposta ajudou a resolver ou não a questão.

Felipe Alves
ViPs
ViPs


Brasil
Mensagens: 464
Pontos: 645
Reputação: 12
Data de inscrição: 29/09/2009
Idade: 26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Artigo Re: Filtros para aquários

Mensagem por bosco em Seg Nov 02, 2009 7:12 pm

Com ctz concordo com vc Felipe,

os incovenientes são o espaço e a estética.....

abs

bosco
Iniciante
Iniciante


Brasil
Mensagens: 61
Pontos: 72
Reputação: 0
Data de inscrição: 28/10/2009
Idade: 39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum